Entenda como funciona e quais os benefícios da antecipação de recebíveis

Você presta serviços esporadicamente, às vezes faz vendas no cartão ou tem um pequeno negócio e precisa de dinheiro urgentemente, mas não quer se endividar de jeito nenhum? Então a antecipação de recebíveis pode ser o recurso ideal para sanar essa questão e equilibrar suas contas.

Muitas pessoas não sabem do que se trata essa ferramenta ou como ela funciona e, por isso, acabam não aproveitando dos seus benefícios. Por isso é muito importante que você continue lendo este artigo, pois aqui eu explico o que é essa antecipação, como ela funciona, quando utilizá-la, quais são as novas regras e outros tópicos relevantes. Confira!

O que é e como funciona a antecipação de recebíveis?

Resumidamente, a antecipação de recebíveis consiste em receber um dinheiro antes do prazo, ou seja, se você tem o direito de obter uma determinada quantia daqui a um, dois ou mais meses, poderá optar por recebê-la nesse momento. Exemplos de compromissos de clientes que podem ser adiantados são:

  • duplicatas;
  • cheques pré-datados;
  • parcelas no cartão de crédito;
  • parcelas no carnê.

Essa antecipação é muito comum de ser feita por empresas de tamanho médio ou grande, mas ela também pode ser aproveitada por pequenos vendedores ou prestadores de serviços, mesmo que você trabalhe esporadicamente como pessoa física, ou seja, não tenha uma empresa.

Imagine que uma pessoa revende produtos de uma marca e tenha feito algumas vendas parceladas e a prazo; normalmente ela somente receberia os valores depois de alguns meses.

Porém, ela pode antecipar os recebíveis levando documentos que comprovem as promessas de pagamento para bancos ou instituições financeiras.

A entidade avalia a quantia a ser recebida, o risco de calote e negociam os títulos. Geralmente é cobrada uma taxa que gira em torno de 10%, mas ela pode variar conforme cada negociação.

Em outras palavras, a instituição compra o seu direito de receber o dinheiro, elas lucram com uma taxa, mas arcam com o risco de calote.

Quando é melhor fazer a antecipação de recebíveis?

Nem sempre eu recomendo usar a antecipação de recebíveis, já que você deverá pagar uma taxa cobrada pela instituição. Para que você garanta o equilíbrio das suas contas, é importante que você evite taxas bancárias sempre que possível.

Entretanto, há algumas situações em que a antecipação pode ser útil para você:

  • pagar uma dívida: se você tem uma dívida com juros altíssimos, essa é uma boa oportunidade para quitá-la;
  • evitar dívidas: se você não quer atrasar o pagamento da fatura do cartão — e evitar gastos com juros —, esse recurso também será uma mão na roda;
  • obter capital de giro: esse é o valor necessário para manter sua atividade — se você ver que vai ficar sem dinheiro para prestar um serviço ou vender um produto, pode antecipar os recebíveis;
  • fazer investimentos: você pode usar o dinheiro para adquirir equipamentos ou produto e fazer seu dinheiro render mais.

Lembre-se que nem sempre você terá os recebíveis para antecipar, por isso é muito importante não se acostumar com o uso constante desse recurso. É possível que você não tenha valores a receber ou que as instituições recusem negociações — a ferramenta precisa ser usada de forma estratégica e em momentos de necessidade.

Quais são as novas regras do desconto de recebíveis no cartão de crédito?

O Banco Central (BC) e o Conselho Monetário Nacional (CMN) — órgãos brasileiros que tratam sobre o assunto — publicaram novas regras que passaram a valer depois de junho de 2019.

Primeiro, entenda que estamos falando da antecipação de recebíveis de valores que serão recebidos por vendas parceladas no cartão de crédito.

Por exemplo, imagine que João, uma pessoa que revende produtos, conseguiu vender 10 itens parcelados em 6 vezes. Ele poderá antecipar o valor das parcelas e receber logo no primeiro mês.

Antes das mudanças do BC e CMN, quando o lojista fazia a antecipação, ele era obrigado a negociar apenas com a instituição financeira ligada à credenciada da maquininha do cartão — isso era chamado de trava bancária.

Com as novas regras, ele poderá fazer negociações com qualquer entidade. Isso significa que, hoje, João pode negociar com a instituição que escolher, seja a credenciadora da maquininha, seja outra instituição financeira, seja o banco de sua preferência.

Quais são os benefícios de utilizar a antecipação de recebíveis?

Quando usada de forma bem pensada e planejada, a antecipação de recebíveis pode garantir muitas vantagens a você. Veja quais são a seguir.

Evita empréstimos e dívidas

Esse recurso não se trata de um empréstimo porque o dinheiro já era seu, você apenas o receberá antecipadamente. Se você está com dificuldades financeiras, precisa de dinheiro para prestar serviços ou vender produtos, não precisará se endividar com empréstimos ou financiamentos.

Além disso, geralmente as taxas cobradas pelas instituições são mais baixas que as de bancos — que muitas vezes são abusivas —, crédito rotativo de cartões de crédito, cheque especial e outros tipos de empréstimos.

Não há risco de inadimplência

Já ficou com medo de um cliente não pagar o que deve ou parar de arcar com as parcelas? A antecipação de recebíveis deixará você livre desse problema.

O risco de calote será transferido para a operadora que adquiriu os títulos (direito de receber), ou seja, ela terá a responsabilidade de cobrar dos clientes se eles atrasarem pagamentos.

Essa vantagem também evita dores de cabeça, estresse e que você gaste tempo fazendo cobranças. Assim é possível se concentrar melhor nos seus projetos principais — como estudos, montar ou ampliar seu negócio.

Agilidade e flexibilidade

Normalmente o processo de liberação dos valores da antecipação é mais rápido que os empréstimos convencionais. A instituição analisará somente o risco dos títulos: se a chance de pagamento for alta, a instituição pode liberar o dinheiro no mesmo dia.

Como também, a negociação entre você e a instituição é flexível. Pode-se antecipar qualquer valor — integral ou somente quanto você precisar — e negociar uma sequência de pagamentos.

A antecipação de recebíveis é uma boa ferramenta para que você supere momentos de necessidade, evite dívidas e consiga um dinheiro rápido para fazer investimentos. Porém, lembre-se de não utilizá-la sem pensar e a coloque dentro do seu planejamento financeiro.

Você sabia que enviamos materiais, informativos e conteúdos como este diretamente na caixa de entrada dos nossos leitores? Também quer receber tudo isso? Basta assinar a nossa newsletter! Aproveite, porque é de graça!

Quer conhecer nossas soluções ou abrir o Seu Banco com a Sua Marca?

Compartilhe
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos mais lidos:

Confira outros artigos em nosso blog: