Como o Marketing Pessoal é fundamental para os autônomos

Divulgar a própria imagem é um desafio para muitos autônomos, porém, é de Marketing Pessoal bem feito, que resultam uma boa reputação, e consequentemente, bons parceiros e a quantidade de clientes necessária para que o negócio cresça.

Criar uma imagem positiva e verdadeira sobre o próprio trabalho, e se apresentar com credibilidade, vai gerar autoridade para captar mais clientes e reconhecimento por parte do mercado. Trabalhar por conta própria exige que você desempenhe diversos papéis dentro da sua empresa e ao mesmo tempo: o de executivo, que faz a empresa andar de forma harmônica, o de vendedor, que precisa atrair clientes e o operacional, que entrega o que foi vendido.

Saiba neste post o que é Marketing Pessoal para Autônomos e como desenvolver essa ferramenta para atrair e fidelizar os clientes.

O que é Marketing Pessoal

Todos os recursos e ferramentas utilizados como estratégias de autopromoção e também, para divulgar os produtos e serviços que você produz, podem ser entendidos como Marketing Pessoal.

O autônomo trabalha por conta própria; ao mesmo tempo em que cuida das burocracias, precisa atrair clientes e cuidar para que a empresa seja divulgada e se torne conhecida, por isso, uma comunicação que conte ao mercado, os serviços que são oferecidos, quais os benefícios que esses serviços geram para quem contrata, onde a empresa se localiza, quais os casos de sucesso de clientes que o autônomo atendeu, são bons argumentos para se iniciar um diálogo comercial e aumentar a possibilidade de fechar bons negócios.

Práticas fundamentais para aplicar essa estratégia

O Marketing Pessoal é estratégico, principalmente para quem é autônomo, pois dificilmente, alguém vai encontrar você pelo caminho e reconhecer os seus talentos. É preciso planejar a forma como você deseja ser visto, pessoal e profissionalmente, e também, onde e como quer ser encontrado.

Confira a seguir, algumas sugestões de como colocar em prática o seu Marketing Pessoal e alcançar o sucesso desejado.

Estabelecer um objetivo de mercado

Se você decidiu trabalhar por conta própria, deve definir onde quer chegar com sua empresa e em qual mercado vai vende-la. Estabelecer um objetivo claro possibilita que você crie estratégias com base no que deseja para a carreira e sua empresa, e também para sua vida financeira.

Sem um vínculo CLT, em que há um salário, benefícios e papéis bem definidos, os ganhos do profissional autônomo serão sempre proporcionais à capacidade de se atingir objetivos em relação aos produtos, serviços e a própria imagem, e â capacidade de gestão da empresa, pois as tarefas serão sempre muito abrangentes e diversas. Esses dois fatores serão essenciais para que o trabalho seja bem feito e autônomo passe a se destacar no mercado.

Encontrar os pontos fortes

Procure conhecer bem os pontos fortes da sua atuação profissional e do seu negócio para saber explorar as potencialidades e se sobressair no mercado. Os pontos fracos também, precisam ser identificados e neutralizados, do contrário, eles poderão se tornar seu maior inimigo. Feito isso, olhe par ao lado de fora e faça os mesmo com seus concorrentes. Com uma competitividade cada vez mais acirrada, conquistar um espaço depende de como você se posiciona na hora de se apresentar como profissional autônomo, e isso vai depender do quanto você conhece do mercado: clientes, concorrentes e parceiros.

Em uma reunião de negócios, apresente-se com propriedade sobre os serviços que vende e o mercado em que atua. Quem estiver do outro lado sentirá segurança em contratar seus serviços ou adquirir seus produtos — o marketing pessoal envolve qualidade, credibilidade e confiança.

Ficar disponível em locais estratégicos

Existe um ditado que faz muito sentido para quase todas as empresas, incluindo para quem é autônomo e precisa muito do marketing pessoal para se destacar: “quem não é visto, não é desejado”. Estar presente nos meios físicos e digitais é fundamental para seu trabalho deseja ganhar visibilidade.

Marque presença nos locais em que seus produtos ou serviços são necessários e fazem diferença, e interaja com os possíveis clientes para se tornar mais conhecido. Nos canais digitais, inscreva-se nas plataformas e redes sociais de negócios, em que é possível participar dos fóruns de discussões ou até mesmo promover sua marca.

Criar e manter ativo um perfil profissional em redes como Facebook, Instagram e LinkedIn vai aumentar o networking e pode alavancar as oportunidades de negócios. Esteja disponível, crie e compartilhe conteúdos relevantes para o público que você quer atingir e fique de olho, pois, certamente, haverá sempre alguém em busca dos serviços que você oferece.

Para se consolidar no mercado, o marketing pessoal para autônomos é essencial, mas não se esqueça de que junto com um bom posicionamento, um planejamento financeiro e um perfil executivo é que garantirão sucesso da prestação de serviços e estabilidade para mais investimentos.

Gostou do post? Continue no meu blog e leia agora mesmo dicas práticas de como fazer um bom planejamento financeiro e evitar transtornos em relação às finanças!

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos mais lidos:

Confira outros artigos em nosso blog: