Como lidar com o acúmulo de dívidas? Confira 4 dicas!

Ninguém é perfeito. Qualquer um pode se encontrar em uma situação endividada. E caso isso aconteça, como lidar com acúmulo de dívidas? Qual a melhor forma de sair de uma situação em que os boletos são tantos que podem matar você afogado dentro de um quarto?

Este artigo tem o objetivo de te guiar no caminho da salvação financeira. Leia até o final e você descobrirá as 4 dicas necessárias para sair dessa situação chata. Seguindo essas orientações à risca, você poderá, finalmente, respirar aliviado. Vamos lá?

1. Passe por escrito toda a situação financeira atual

O início da reviravolta em sua vida financeira deve começar pelo processo de organização. Assim, você deve saber exatamente onde seu calo está apertando. Para isso, é importantíssimo colocar toda a situação no papel. Essa é a melhor forma de olhar o cenário como um todo.

Anotando todas as suas dívidas, você poderá ver com clareza de onde partiu o problema. A fonte do caos se tornará clara (ou você finalmente saberá onde nasce o problema). Assim você terá o ponto de partida que necessita para virar o jogo.

2. Faça negociações com seus credores

Vendo a situação com mais clareza, você pode partir para a reorganização da bagunça. Se seu problema for mais de uma dívida, fique sabendo que você pode recorrer a uma negociação. A ideia é conversar com quem você tem dívidas para explicar que você não tem como pagar tudo de uma vez.

Se você achar que isso é falta de educação, errou feio. As pessoas para quem você deve têm interesse em receber. Logo, é normal que sua atitude seja bem-vista, e provavelmente vai ocorrer uma negociação sobre o modo de pagamento com o qual você pode se comprometer.

3. Corte todos os gastos desnecessários

Agora chegou a parte que dói! Sabe aquele cineminha que você adora curtir? Ou aquela pizza com borda recheada que te chama todo fim de semana? Pois é, esquece!

No processo de reorganização financeira você deverá fazer alguns sacrifícios, não tem jeito. Esses esforços começam com os cortes daquelas coisas bacanas que você gosta de fazer, mas que não são necessários para se manter vivo. Ninguém morre porque não vai mais no cinema.

A boa notícia é que esse tipo de esforço é temporário. Você não precisa abandonar suas diversões para sempre, é só durante um tempo. Saiba apenas que quanto mais foco e força de vontade você tiver, mais rapidamente acabará essa fase chata.

4. Tenha uma renda extra

Como forma de acelerar o processo de abandono da condição de humano endividado, você pode procurar por uma renda extra. Fazer um “bico” naquelas horas vagas pode ser muito bem-vindo. Só não pode esquecer que a grana extra que entrar deve ir pro pagamento de dívidas, e não pra curtição.

Fale com conhecidos e procure por serviços esporádicos. Aqui vale passear com o cachorro da vizinha ou aparar aquela velha grama esquecida. Qualquer entrada de dinheiro a mais será bem-vinda pra você.

Saber como lidar com acúmulo de dívidas pode não ser uma coisa fácil. No entanto, com disciplina e força de vontade qualquer um pode conseguir. Seguindo as dicas dadas nesse artigo, você será capaz de sair de uma situação que incomoda bastante e voltar a ter uma vida sossegada. O começo dessa reorganização passa por ter um bom plano para colocar a vida financeira em ordem!

Gostou do nosso artigo sobre as 4 dicas para abandonar as dívidas? Faça um comentário e nos diga o que achou!

Quer conhecer nossas soluções ou abrir o Seu Banco com a Sua Marca?

Compartilhe
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos mais lidos:

Confira outros artigos em nosso blog: