fbpx

Subadquirente vs. adquirente: o que são, como funcionam + diferenças!

Com o aumento expressivo nas compras online, o termo subaquirente e adquirente também ganharam destaque nesse mercado, já que trata-se de empresas responsáveis por fazer a intermediação dos processos de compra.

Mas você entende o que são essas companhias e como elas funcionam nesse mercado de pagamentos? Saiba que entender esse conceito é importante para que você possa escolher as melhores soluções para o seu negócio.

Para você ter uma ideia do potencial desse setor, 40% dos consumidores brasileiros utilizam meios de pagamento digitais para efetuar as suas compras, segundo um levantamento feito por uma empresa americana.

Então, se você quer aproveitar as melhores oportunidades desse mercado, vem com a gente entender melhor como se tornar um subadquirente ou adquirente e como estruturar uma fintech de sucesso!

O que é subadquirente?

O que é subadquirente

As subadquirentes, chamadas também de intermediadores, são empresas que facilitam o processo de compra, já que dispensam a filiação a uma instituição bancária ou um adquirente para receber os pagamentos, diminuindo as questões burocráticas.

De maneira prática e simplificada, a subadquirente é a empresa responsável pela aprovação dos pagamentos e também por garantir a segurança das transações, atuando em pequenos e grandes negócios dos mais variados segmentos.

Como funciona uma subadquirente?

Como funciona uma subadquirente

Agora que você sabe do que se tratam essas empresas, é importante entender como funciona o subadquirente, já que há muitos agentes envolvidos nesse processo de pagamento, o que gera muita confusão.

As subadquirentes são companhias habilitadas por credenciadoras como a Cielo, Elavon, GetNet, RedeCard e Stone, entre outras, para viabilizar transações com cartões em nome dos estabelecimentos.

Com essa autorização, os lojistas podem oferecer cartões de crédito, débito, pré-pago e outros como meio de pagamento ao cliente final.

E nesse processo de pagamento, as empresas subaquirentes fazem a conexão com as adquirentes, disponibilizando aos lojistas uma solução completa e robusta, que inclui ainda serviços de antifraude e outros recursos.

Além de possuir funcionalidades de uma adquirente, a subadquirente oferece um processo de implantação muito mais fácil e prático,  diminuindo o tempo de integração, os custos e também reduzindo os processos burocráticos.

Adquirente, subadquirente e gateway: qual a diferença?

Quando uma subaquirente é responsável pela aprovação dos pagamentos e pela segurança das operações, as adquirentes são empresas chamadas também de credenciadoras, que fazem o processamento das operações de cartão de crédito e débito.

A função principal dessas companhias é estabelecer um canal de comunicação ágil e seguro entre uma loja e a instituição bancária para verificar os dados do consumidor e validar a compra.

Já o gateway de pagamento é uma ferramenta que é uma espécie de terminal de cartão de crédito para e-commerce, onde o cliente fornece os dados da compra na página de checkout.

Todo esse ecossistema faz coleta das informações e repassa aos bancos ou adquirentes.Agora ficou mais claro qual a diferença entre adquirente, subadquirente e gateway? Então, vamos continuar a entender mais sobre esses conceitos.

Entenda quais são as vantagens de uma subadquirente

vantagens de uma subadquirente

Para você que quer descobrir como ser uma subadquirente, saiba que elas oferecem uma série de vantagens para o seu negócio. Confira as principais:

  • Diminuição de riscos para o lojista;
  • Processos menos burocráticos;
  • Redução do tempo de lançamento de um e-commerce;
  • Gestão de processo de pagamentos mais eficientes;
  • Custo de implementação mais baixo;
  • Integração simples.

4 exemplos de subadquirentes de sucesso

Esse setor financeiro está em plena expansão e há muitas empresas subadquirentes atuando no mercado de pagamento, oferecendo ótimos serviços e benefícios. Aliás, saiba que muitas delas você já deve conhecer, confira as principais!

– Pagseguro

Você já deve ter ouvido falar da Pagseguro, que é uma das pioneiras do setor, considerada, inclusive, líder no mercado da subadquirência no Brasil.

Atualmente, a empresa oferece diferentes soluções de pagamentos tanto para lojas físicas quanto para o comércio eletrônico.

– Mercado Pago

A MercadoPago também é outro exemplo muito famoso no mercado de pagamentos. Essa empresa disponibiliza crédito como grande diferencial competitivo, além de garantir agilidade em processos que envolvem a contratação e credenciamento.

– Paypal

O Paypal é uma subadquirente que possui integração com plataforma de loja virtual, que proporciona muito mais flexibilidade para os lojistas, além de ter seu próprio programa de segurança antifraude, oferecendo também suporte ininterruptos aos seus clientes.

Atualmente, ela é vendida para mais de 250 milhões de consumidores no Brasil e no mundo.

 – Adiq

Talvez a Adiq não seja tão conhecida como as outras empresas citadas acima, mas saiba que ela é uma companhia que oferece um alto nível de personalização para cada perfil de cliente dentro, garantindo ainda mais flexibilidade nas operações financeiras.

Subadquirente: como estruturar sua Fintech nesse modelo

Subadquirente: como estruturar sua Fintech nesse modelo

Se você quer saber como se tornar um subadquirente, o primeiro passo é encontrar uma empresa de tecnologia financeira, que te ajude a estruturar a sua fintech de serviços financeiros nesse modelo de negócio.

Nesse sentido, a Ewally tem se destacado no mercado por oferecer as mais diversas soluções financeiras para os seus clientes com uma estrutura modular e robusta, customizadas para o seu modelo de negócio.

Entre em contato conosco clicando aqui para conhecer as soluções oferecidas pela nossa fintech.

O que é uma adquirente?

Agora que você descobriu o que é uma subadquirente, vamos entender o que é uma adquirente. Elas são empresas responsáveis por fazer a liquidação financeira das transações através de meios de pagamento, como o cartão de crédito e débito.

As adquirentes são as responsáveis pela comunicação com as bandeiras de cartão, como Mastercard, Visa, Diners e Amex  e bancos emissores, atuando basicamente como um agente operador de cartões.

O que são as bandeiras de cartão?

O que são as bandeiras de cartão

Por sua vez, as bandeiras de cartão são agentes mediadores entre as operações de venda de uma empresa e a operadora do cartão, determinando as regras para a utilização dos cartões.

Além disso, as bandeiras são também responsáveis pela implementação das tecnologias e sistema para garantir a agilidade nos processos de compra com os cartões, disponibilizando também as maquininhas de cartão para os estabelecimentos.

O que é um gateway de pagamento?

Agora que ficou mais claro qual a diferença entre adquirente e bandeira, vamos dar uma olhadinha no que se trata gateway de pagamento.

Ele é, basicamente, uma tecnologia de pagamento digital, que atua como uma espécie de ponte para a comunicação entre o consumidor, a operadora do cartão de crédito e o banco.

Esse sistema permite a conexão de um negócio com diferentes adquirentes, mantendo centralizada toda a operação de pagamentos dos estabelecimentos.

O gateway faz a captura dos dados, a transmissão e o armazenamento dos dados dos clientes, permitindo que as transações sejam executadas de maneira segura e rápida.

Qual a importância da adquirente no mercado de pagamentos?

As adquirentes no Brasil são empresas extremamente importantes para as transações de compra e venda, já que elas são as responsáveis por toda a parte operacional nas vendas que utilizam cartão, integrando todos os agentes em um mesmo processo.

São elas que garantem a segurança das operações e também a agilidade dos procedimentos. Sem essas empresas não seria possível que um negócio pudesse aceitar os cartões como meio de pagamento.

Isso porque, são as adquirentes que registram e processam os pagamentos com cartão, fazem a comunicação da compra feita na máquina com a bandeira do cartão, além de checar junto ao emissor se há limite para o consumidor efetuar a compra.

Além disso, são elas que produzem e fornecem, em modalidade de venda ou aluguel, as máquinas e sistemas para transações com cartão, fazendo ainda o repasse dos arquivos de extrato eletrônico de vendas e recebimentos para as empresas.

Quais são as adquirentes presentes no Brasil?

Quais são as adquirentes presentes no Brasil

Para que o assunto possa ficar mais claro para você, vamos conhecer quem são os adquirentes no Brasil. Dá uma olhadinha!

1. Adquirente Rede

Inaugurada em 1996, a Rede era chamada Redecard, uma adquirente da MasterCard e Diners. Porém, em 2012, o Itaú Unibanco fez uma oferta e fechou o capital da Redecard, mudando o nome para Rede, em 2013.

Essa é uma das maiores empresas do mercado de pagamentos eletrônicos do Brasil, realizando cerca de R$34 bilhões em transações por mês a partir das suas maquininhas.

2. Adquirente Getnet

A Getnet é uma empresa que faz parte do grupo financeiro do Santander. Com ela, as empresas podem comprar ou alugar a maquininha, conforme a necessidade do lojista ou empresário.

A Getnet oferece oito modelos e também é capaz de aceitar as mais diversas bandeiras, para atrair mais clientes.

3. Adquirente Cielo

A Cielo também é uma adquirente de cartão, além de ser uma empresa de tecnologia e serviços para varejo líder de mercado, inclusive, é uma das mais usadas no segmento de pagamentos eletrônicos na América Latina.

A empresa oferece as mais diversas soluções financeiras, atendendo mais 1,2 milhões de clientes ativos.

4. Adquirente Stone

A Stone é outra empresa muito conceituada no segmento, presente em mais de 1,5 mil cidades brasileiras. Atualmente, conta com cerca de 450 mil clientes, tendo também capital aberto na bolsa NASDAQ de Nova York.

A Adquirente Stone é uma empresa do ramo de pagamento que oferece as mais variadas soluções para lojistas dos mais diferentes setores.

Quais são as adquirentes internacionais?

Quais são as adquirentes internacionais

Além das adquirentes no Brasil, há também empresas internacionais que atuam nesse ramo e são muito importantes no mercado de pagamentos no exterior. Confira!

1. Adquirente First Data

A Adquirente First Data é uma das mais experientes do mercado, fundada em 1971, em Omaha, Neb. Anos depois, em 1796, ela se tornou o primeiro processador de cartões de crédito MasterCard e Visa, que foram emitidos pelas instituições bancárias.

Em 2015, a First Data se tornou a primeira companhia de tecnologia de pagamentos a conquistar a certificação de processadora e controladora, tendo a permissão para controlar dados dos clientes além das fronteiras.

2. Adquirente Global Payments

Entre as adquirentes de cartão, a Global Payments também se destaca no mercado. A empresa é conhecida em todo o mundo por oferecer serviços e produtos de pagamento altamente tecnológicos e inovadores.

A Adquirente Global Payments é conhecida por oferecer a melhor experiência de uso para os estabelecimentos comerciais.

3. Adquirente Adyen

Estabelecida na Europa e nos EUA, a Adyen começou a atuar como adquirente no Brasil em 2016 para melhorar a experiência dos usuários e também para atrair novos consumidores.

Depois disso, ela também passou a oferecer no Brasil todos os serviços integrados em uma única plataforma.

Como escolher a melhor opção de pagamento?

Como escolher a melhor opção de pagamento

Além de descobrir qual a diferença entre adquirente e bandeira, saiba que na hora de garantir a melhor opção de pagamento para o seu negócio, o primeiro passo é entender o perfil dos seus clientes e de que forma eles compram.

Lembre-se sempre que o cartão de crédito e débito estão entre as modalidades mais usadas no mercado e, de qualquer forma, é sempre oferecer essas suas formas de pagamento para seus consumidores.

Além disso, é preciso entender também as necessidades do seu negócio e os tipos de pagamento que os seus sistemas comportam. Utilizando esses critérios, fica mais fácil escolher a opção de pagamento mais adequada para a sua empresa.

As melhores soluções financeiras, você encontra na Ewally!

Conclusão

Agora você já sabe o que é adquirente e subaquirente, não é mesmo? Entender as diferenças e como essas empresas funcionam é importante para que você possa fazer as melhores escolhas para o seu negócio no que se refere aos meios de pagamento.

Lembre-se que na hora de oferecer serviços financeiros de qualidade e com total segurança, seu lugar é na Ewally, que oferece as soluções mais vantajosas para o seu modelo de negócio.

Além de oferecer os melhores recursos e funcionalidades para uma subadquirente, disponibilizamos ainda outros serviços financeiros, como conta digital, Banking as a Service, cartão private label, emissão e processamento de cartão e muito mais.

Venha entender o porquê mais de 100 mil empresas já escolheram a Ewally. Quer facilitar as operações financeiras e conquistar cada vez mais clientes? Então, fale conosco e conheça tudo que as nossas soluções podem fazer pelo seu negócio.

Para saber mais, acesse o nosso site e encontre tudo que você precisa em serviços e produtos financeiros.

Quer conhecer nossas soluções ou abrir o Seu Banco com a Sua Marca?

Compartilhe
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos mais lidos:

Confira outros artigos em nosso blog: