fbpx

Como abrir um Banco Digital: Tecnologias e Diferenciais [8 Dicas]

principais dicas de para criar um banco digital
Saiba como abrir um banco digital no Brasil

Quer entender como abrir um banco digital? Essas tecnologias estão cada vez mais presentes no nosso dia a dia, oferecendo as mais diversas soluções, que tornam as transações mais seguras e rápidas. 

Esse cenário é, inclusive, confirmado por uma pesquisa realizada pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos), que revela que 6 a cada 10 transações bancárias são realizadas por meio do internet banking ou de aplicativos mobile.

Segundo a pesquisa, o aumento da adoção dessas soluções se deve ao fácil acesso e utilização dos dispositivos móveis por parte da população. 

Para você ter uma ideia sobre o uso da conta digital entre os brasileiros, somente em 2019, 76% de todas as transações ocorreram via internet. 

Que tal entender um pouco mais sobre esse mercado, que está em plena expansão? Vem com a gente! 

O que é um banco digital?

 

o que é um banco digital e como ele funciona?
O que é banco digital e como funciona?

Banco digital é basicamente uma instituição financeira que oferece seus produtos e serviços apenas pela internet. 

Esse tipo de solução permite que os usuários acessem sua conta por meio de um aplicativo de banco digital ou computador, podendo realizar as mais diferentes transações, como transferência, pagamento de boletos, depósitos, entre outros serviços. 

Banco digital x banco digitalizado

É importante que você não confunda: banco digitalizado com banco digital.

No primeiro caso, as instituições bancárias tradicionais disponibilizam a internet banking ou um aplicativo para que os clientes possam realizar operações de forma online.  

Já um banco digital é aquele que já nasceu na internet e concentra toda sua operação virtualmente.

Como funciona uma Conta Digital?

As contas digitais são bem semelhantes com as contas correntes tradicionais fornecidas por instituições bancárias. Porém, há muitos pontos que as diferenciam, confira:

Essa modalidade de conta permite que os clientes possam movimentar dinheiro, acompanhar extrato e saldo, fazer e receber transferências bancárias, saques na Rede Banco24Horas, depósito, pagamento de contas, recarga de celular, etc.

Tudo isso pode ser feito nos aplicativos dos bancos digitais, que oferecem funcionalidades intuitivas, rápidas e fáceis, simplificando o dia a dia dos usuários. 

Além disso, as contas digitais disponibilizam ainda cartões de crédito, débito, pré-pago, corporativo, etc.

Quais são os diferenciais dos Bancos Digitais

Há muitos diferenciais dos bancos digitais em comparação com os modelos tradicionais, que estávamos acostumados. 

Esse novo formato de banco tem mudado a forma como os consumidores realizam as suas transações financeiras .

Um dos principais diferenciais de como funciona um banco digital é que essas soluções não oferecem estrutura física e atendimento presencial aos seus clientes.  

Sem contar que a cobrança de tarifas por partes dos modelos online não existem ou possuem percentuais bem abaixo dos bancos tradicionais. 

Além disso, todas as transações em aplicativo banco digital são bem simples e intuitivas, permitindo um manuseio rápido e facilitado. 

Quais os tipos de conta digital?

Nesse sentido, há dois tipos de conta digital: pessoa física e pessoa jurídica. Vamos entender as características e os detalhes de cada uma delas!

Conta Digital para pessoa física

A conta digital para pessoa física é uma das mais comuns e populares no Brasil, permitindo que usuários possam desfrutar das facilidades de uma conta na palma da mão ou no seu computador. 

O correntista tem acesso aos serviços bancários que citamos no tópico acima. 

Conta Digital para pessoa jurídica (Conta PJ)

Já a conta digital para pessoa jurídica foi desenvolvida também para simplificar o dia a dia dos empreendedores e empresas dos mais diversos portes. 

No entanto, nessa modalidade, os bancos virtuais disponibilizam recursos mais direcionados para empresas, como maior limite para emissão de boletos e transferências, por exemplo. 

Como abrir um Banco Digital? [8 dicas Imperdíveis]

 

5 dicas para que você crie seu banco online
O que é preciso para abrir um banco digital? Confira 5 dicas!

Agora que esclarecemos os principais conceitos, vamos entender como abrir um banco digital de forma prática. 

Listamos aqui todos os fatores que envolvem o processo de criação dessa solução tecnológica, que já está tão presente no nosso cotidiano. 

1. Tecnologia – Banking as a service (BaaS) 

Os bancos digitais utilizam a tecnologia Banking as a Service, conhecido como BaaS, que possibilita que uma empresa tenha o seu próprio aplicativo de banco digital para oferecer esse serviço aos seus clientes.  

Ao contratar um BaaS, você terá um banco digital a seu serviço, garantindo à empresa facilidades, como:

  • Controle de saídas e entradas de recursos dos clientes;
  • Redução das burocracias;
  • Automação e personalização da área financeira.

2. Conheça o seu público-alvo

Se você quer descobrir como abrir um banco digital, conheça o público a quem se destina o seu serviço. Avalie as necessidades e preferências dos seus clientes para que você possa criar produtos com base nas “dores” dos seus consumidores. 

Para isso, conte com o auxílio de agências especializadas que fazem esse tipo de pesquisa mais detalhada sobre os padrões de comportamento do seu público. 

3. Conheça o seu mercado – análise dos concorrentes

Para abrir um banco digital no Brasil, além de conhecer os seus potenciais clientes, é importante que você entenda o mercado e faça uma análise minuciosa sobre os seus concorrentes.

Se pretende se destacar nesse universo, identifique os pontos fortes e fracos de cada conta digital online que existe no mercado para que você possa oferecer os melhores serviços e ter insights para garantir diferenciais que conquistem o seu público. 

4. Defina o seu modelo de negócio

Entre as melhores práticas de como abrir conta virtual, definir o modelo de negócio é uma das mais importantes. Nesse segmento, você pode atuar em diferentes vertentes. Confira as principais. 

  • Neobanks: são fintechs que precisam firmar parcerias com instituições financeiras para prestarem serviços,  já que não possuem licença para operar como banco;
  • Nonbanks: essa modalidade não possui ligação com as licenças utilizadas pelos bancos tradicionais;
  • Challenger banks: disponibilizam os mesmos produtos e serviços dos bancos tradicionais, pois possuem as licenças necessárias.
  • Bancos Beta: são instituições classificadas como joint ventures ou subsidiárias, que usam a licença da empresa-mãe para funcionar. No entanto, a oferta dos serviços é limitada.

5. Conheça a legislação vigente

Para abrir conta digital, é necessário conhecer a legislação vigente, pois você deverá seguir normas e obter licenças de operação. 

Para você entender, atualmente, há três órgãos responsáveis pela regulamentação dos bancos digitais, sendo eles:

  • Banco Central
  • Comissão de Valores Mobiliários e
  • Superintendência de Seguros Privados.

Ao escolher o seu modelo de negócio, verifique quais as legislações que se aplicam ao seu app banco digital.

6. Escolha seu modelo de negócio

Para quem quer entender como criar um banco digital, é fundamental que você defina qual o modelo de negócio, ou seja, que tipo de banco deseja criar.

Isso porque, o mercado oferece diferentes tipos de bancos digitais, com propostas variadas. Confira: 

  • Challenger banks: disponibilizam os mesmos serviços dos bancos comuns, pois já que têm as licenças necessárias;
  • Nonbanks: não tem ligação com as licenças dos bancos comuns;
  • Bancos Beta: empresas subsidiárias que usam licença da empresa-mãe para operar, mas com oferta limitada de serviços;
  • Neobanks: fintechs que precisam de empresas financeiras parceiras para oferecer esses tipos de serviços, porque elas não têm licença para trabalhar em formato de banco.

7. Busque oferecer um atendimento diferenciado

Se você quer aprender como criar um banco digital, oferecer tratamento diferenciado é primordial. Isso porque, esse modelo de banco disponibiliza todos os serviços de forma digital, ou seja, o contato humano é quase nulo.

Sendo assim, o atendimento oferecido pelos seus canais deve garantir total qualidade. 

Saiba que um levantamento feito pelo PwC apontou que, na América Latina, 49% dos usuários preferem deixar de fazer negócios com uma empresa após não serem atendidos de forma adequada. 

Por isso, mesmo sendo um negócio online, o atendimento e a experiência do cliente devem ser de altíssima qualidade. 

8. Escolha a parceria certa para tirar do papel!

Outro ponto importante no aprendizado de como criar um banco digital é a escolha das empresas parceiras. 

Para seu negócio dar certo, é preciso ter parceiros que ofereçam tecnologias, serviços e suporte para a construção de resultados sólidos. 

Opte sempre por parceiros que entendam as necessidades do seu negócio e ofereçam soluções que vão ao encontro das preferência da sua empresa e público. 

Na hora de escolher uma empresa de tecnologia parceira, conheça a Ewally, que oferece soluções em plataformas White Label com alta qualidade, suporte completo e preços competitivos.

O que os clientes mais buscam em um Banco Digital

 

o que os clientes mais procuram em uma plataforma de banco digital
O que os clientes procuram ao abrir uma conta digital?

Para garantir que seu banco digital ganhe adesão entre o seu público e, claro, tenha muito sucesso, é preciso entender o que os clientes realmente buscam dessas instituições financeiras.

Pensando nisso, separamos algumas dicas dos diferenciais que os consumidores levam em consideração na hora de abrir uma conta digital.

Atendimento de qualidade

Oferecer atendimento de qualidade é um dos principais cuidados de qualquer modelo de negócio, e quando o assunto é transações financeiras, isso é ainda mais necessário. 

Por não oferecer estrutura física, seu atendimento online deve ser ainda mais ágil, eficiente e proativo, para que seu cliente se sinta seguro ao realizar as operações. 

Tarifa zero

Para você que está buscando entender como abrir meu próprio banco digital, saiba que garantir tarifas zero é fundamental para atrair e fidelizar seus clientes. Isso porque, a maioria dos bancos online não cobra taxas para transações. 

Diferentes tipos de pagamento

O seu banco digital deve ofertar diferentes tipos de pagamento aos seus clientes para, assim, facilitar as transações financeiras. Disponibilize modalidades de pagamento, como boleto, débito, crédito, transferência, depósitos, entre outros. 

Aplicativos com a melhor interface

Quer entender o que é preciso e como abrir um banco digital? Então, lembre-se de oferecer aplicativos com excelente interface, já que essa facilidade pode ser determinante para a adesão do seu aplicativo por parte dos consumidores.

Desenvolva apps que sejam intuitos, de navegação rápida e facilitada. As etapas de cada operação devem ser objetivas para otimizar as transações. 

Parcerias e serviços adicionais

Que tal agregar ainda mais valor à sua conta virtual? Então, na hora de estruturar sua operação, ofereça parcerias e serviços adicionais para os seus consumidores. 

Disponibilize clubes de vantagens, faça parceria com agências de viagens ou companhias áreas, por exemplo, onde seus clientes podem acumular pontos para viajar. Tudo isso te ajudará a atrair e fidelizar os seus clientes. 

Quanto custa abrir um banco digital?

Agora que você já entende tudo sobre conta virtual, possivelmente, está se perguntando quanto custa para abrir um banco digital. 

Saiba que o Banco Central determina valores mínimos de capital e patrimônio líquido para instituições financeiras com base na resolução nº 2.607. 

Quais os serviços disponíveis para um banco digital?

Na hora de criar seu banco digital, escolha uma plataforma white label que permita a criação de soluções financeiras personalizadas, com a inserção de marca própria, onde seja possível você personalizar os produtos com a sua própria marca.

Normalmente, um banco digital oferece o aplicativo, cartão de crédito e débito, saque, consulta de saldos e extratos, transferências, depósitos e muito mais. 

Quais as regulamentações necessárias para criar um banco digital?

Entre as práticas recomendadas de como criar um banco digital, a principal delas, sem dúvida, é possuir as regulamentações necessárias. 

No Brasil, existem três órgãos que fazem a regulamentação dos bancos, como Bacen (Banco Central), CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e a Susep (Superintendência de Seguros Privados).

Outro ponto que merece a sua atenção é que fintech de serviços financeiros e bancos digitais não são a mesma coisa. 

O banco digital tem a permissão de operação concedida pelo Banco Central. Já as fintechs possuem  regulamentações próprias para a operação, dependendo do seu perfil e porte.

A partir da publicação das resoluções 4.656 e 4.657/2018, as fintechs passaram a ser consideradas instituições financeiras, operando também como SEP (Sociedade de Empréstimo entre Pessoas) e SCD (Sociedade de Crédito Direto).

Lembrando que a  LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) também é válida para fintechs de serviços financeiros e bancos digitais.

Como monetizar seu banco digital?

Para tornar o seu banco digital lucrativo, é preciso encontrar oportunidades para apresentar uma proposta de valor, garantindo benefícios exclusivos ao seu cliente. Se você quer monetizar o seu negócio, confira as nossas dicas!

  • Carteira digital de saque para criptomoedas com cartão bandeirado;
  • Sistema integrado entre empresas parceiras, incentivando os clientes a manter seu dinheiro em um circuito fechado de empresas com uma série de benefícios, como cashback ou descontos;
  • Fidelização de clientes: ofereça benefícios exclusivos, como uma carteira digital, onde o cliente tem um retorno financeiro ao fazer compras em marketplaces, e-commerces e comércios físicos. 
  • Juros: estabeleça valores adicionais para crédito, empréstimos e financiamentos.
  • Mensalidades e taxas: se a sua conta digital oferecer bons benefícios aos clientes, mensalidades ou taxas não serão um problema, já que o consumidor tem um bom retorno. 

Em quanto tempo a conta é criada?

O tempo para criar um banco digital pode variar de acordo com a empresa fornecedora de serviços. Por isso, é sempre bom consultar o tempo estimado de cada instituição de tecnologia financeira. 

Quais os principais bancos digitais do mercado?

Entre os principais bancos digitais do mercado está a Ewally, uma fintech de tecnologia que oferece contas digitais gratuitas para pessoas físicas, com diversos serviços e contas digitais para PJ.

Além disso, as empresas podem gerenciar, pagar e autorizar transações financeiras em uma plataforma rápida e intuitiva. 

Gerencie, pague e utilize suas transações financeiras de um só lugar. É possível visualizar em detalhes tudo que fizer na plataforma.

Você poderá gerar boletos, emitir cobranças, pagar contas, fazer transferências e muito mais. Além da Ewally, entre os principais bancos digitais estão o Banco Inter, o Nubank, o Banco Neon e o C6 Bank.

Quais as vantagens de abrir um banco digital?

Se você quer entender como abrir um banco digital, saiba que ele oferece inúmeras vantagens, como tarifas menores ou até nulas. 

Diferente dos bancos tradicionais, os clientes não pagam para tirar extrato, transferir e também não precisam pagar tarifas de manutenção. Sem contar que os cartões disponibilizados também não cobram anuidades dos seus correntistas. 

O banco digital também tem muito menos burocracia, já que as contas podem ser abertas em poucos minutos e não exige comprovação de renda e outros documentos, como acontece nos bancos tradicionais. 

Somado a isso, todas as movimentações financeiras podem ser feitas por meio de aplicativo e site do banco.

Mesmo não tendo um atendimento presencial, o relacionamento com o banco digital é muito mais próximo, pois, normalmente, essas empresas oferecem um bom atendimento por telefone, chat e pelas redes sociais.

Conclusão

Entender como abrir um banco digital é fundamental para você que deseja ingressar nesse universo.

Para garantir que sua conta virtual seja um sucesso, faça uma análise minuciosa do mercado e também do seu público, ofereça as melhores formas de pagamento, tarifa zero e interface de fácil entendimento e navegação 

Para oferecer as melhores soluções tecnológicas para seu cliente, fale com a Ewally, que disponibiliza os mais diferentes serviços, como Banking as a Service.

Nessa modalidade, oferecemos uma infraestrutura modular, API’s flexíveis para abertura de conta, Prevenção à Lavagem de Dinheiro, pagamento de contas, saques, emissão de boleto bancário e muito mais. 

Para conhecer tudo que podemos oferecer para a sua empresa, acesse o nosso site ou entre em contato conosco. 

Quer conhecer nossas soluções ou abrir o Seu Banco com a Sua Marca?

Compartilhe
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos mais lidos:

Confira outros artigos em nosso blog: